A Dupla Canção e Louvor, composta pelos irmãos Cláudia e Cláudio, respectivamente, iniciaram a carreira musical ainda na infância, por volta dos cinco e seis anos de idade.

Incentivados pelos pais, a dupla começou cantando canções de outras duplas e cantores diversos.

A facilidade em fazer duas vozes sempre chamou a atenção de quem os ouvia e o jeito único de interpretar as músicas também lhes eram peculiar.

Começaram a atender convites nas igrejas de sua cidade, na época, em Bonança, distrito da cidade de Moreno – PE e aos poucos, cidades vizinhas foram convidando até receberem convites para a capital do Estado, Recife, e assim, o ministério da Dupla Canção e Louvor foi ficando cada vez mais conhecido.

Aos 9 e 10 anos de idade, Claudio e Claudia lançaram seu primeiro CD, gravado no sertão pernambucano, na cidade de Flores, com a ajuda dos irmãos daquela cidade, o empresário Beto Cajá e o Musico Celso Sax. O primeiro álbum da Dupla é intitulado “Vivendo pela Fé”.

2 anos depois, gravaram o segundo CD, “Mão de Poder”, ainda com a ajuda do Beto e do Celso, mas desta vez na cidade de Serra Talhada. Com pouco tempo de álbum lançado, Claudio completou 12 anos e entrou na fase de transição de voz de criança para adolescente e isto dificultou na intepretação dos CDs recém gravados, pois a altura era mais aguda do que ele alcançava. Com isto, houve a soma da vontade em aprender um instrumento musical com a necessidade de que isto acontecesse para que pudessem seguir o ministério.

Na época, a família da Dupla não tinha condições nem de comprar um violão e nem de contratar um professor. Mas Deus providenciou os instrumentos e ganharam violões dos empresários Elba e Gerônimo.

Com os violões em mãos, começaram a aprender sozinhos, apenas com a cartilha de notas que vinha na caixa dos instrumentos e a ajuda do Espirito Santo. Com menos de dois meses já tocavam, ainda que de forma amadora e aprendiz, nos cultos que acontecia na casa da Dupla, no Sitio Galileia.

Pouco tempo depois, Cláudio também aprendeu a tocar Viola e agora, a viola e o violão tornaram-se uma identidade nas apresentações da Dupla.

O ministério cada vez mais foi sendo divulgado e na época, já viajavam todo estado, da capital ao sertão, atendendo congressos e convites das igrejas.

Aos 16 e 17 anos, gravaram o terceiro álbum, “A dez mil pés”, com a direção do empresário Regis Lins, que foi de grande ajuda na ampliação do ministério que despontava. A canção “Eu vou profetizar” foi muito tocada em rádios e cantada nas igrejas de todo estado.

No ano de 2010, a Dupla gravou seu primeiro DVD, “Acontecimentos – Acústico”, na Assembleia de Deus na cidade do Cabo de Santo Agostinho – PE.

Dois anos depois, nasceu o álbum “Sete Mergulhos” que com certeza, se tornou o álbum que apresentou a Dupla ao Brasil, com canções conhecidas e amadas até hoje como “Ei Naamã!”, “Taxados como Loucos”, entre outras.

Foi a partir do ano de 2012 que começaram a viajar por todo pais, recebendo convites dos mais diversos cantos do Brasil e cada vez mais, fortalecendo e ampliando o ministério que receberam de levar Deus através da música.

Em 2015, Claudia Canção compôs a música “ Eu Cuido de ti” e em um vídeo caseiro lançou na internet, tornando-se viral em poucos dias. Naquele ano foi lançado o álbum “Profetizando Vida” gravado em São Paulo e produzido pelo maestro Ronny Barboza.

Em 2016, Canção e Louvor lançou seu primeiro EP, formato que na época era novo no Brasil, com cinco canções, entre elas o hit “Eu Cuido de Ti’’. Em abril de 2019, “Maravilhoso”, o sétimo trabalho da Dupla foi lançado contendo 12 faixas e cada vez mais tem sido divulgado e ouvido principalmente nas plataformas de música digital.

Hoje a Dupla Canção e Louvor tem uma agenda consolidada em todo Brasil e exterior, com mais de 1.200.000 seguidores no Instagram, mais de 100 milhões de visualizações em seu canal oficial no Youtube e um público engajado seja nas redes sociais ou em eventos que participam.

A dupla Canção e Louvor ainda que jovens, já somam mais de 25 anos de estrada dedicados a levar a palavra de Deus, consolo e salvação através das canções que cantam e alento aos corações que precisam, tudo isso com suas vozes, viola, violão e corações contritos em sempre entregar o melhor.